sábado, 27 de abril de 2013

Uma Asa do Grifo: D. João, o Segundo

Braços cruzados, fita além do mar.
Parece em promontório uma alta serra —
O limite da terra a dominar
O mar que possa haver além da terra.

 


Seu formidável vulto solitário
Enche de estar presente o mar e o céu
E parece temer o mundo vário
Que ele abra os braços e lhe rasgue o véu.

 

 

Fernando Pessoa, Mensagem

Sem comentários:

Enviar um comentário