terça-feira, 28 de junho de 2011

poema

«O poema é uma abstracção, uma escrita que espera, uma lei que só numa boca humana vive.»

Paul Valéry

Sem comentários:

Enviar um comentário